Tenho carências de menina
num corpo de mulher
quero tão somente que
alguém me afague a alma
me pegue no colo quando
estiver triste
e me acalente no escuro da noite
quero tão somente
um canto de amor,
um sonho de paz
e uma esperança lá trás
carências e querências
me fazem quem sou
uma sonhadora que
ainda acredita no amor.

Autor: Rosane Silveira

Visualizações: 164

Os comentários estão fechados para esta entrada de blog

Comentário de Marli de Lima Lemos em 13 fevereiro 2017 às 17:44

INSTANTE DE LUZ

Para vencer no campo das tribulações, não admitas que a luz da fé se formará no coração sem o combustível da experiência.
Muitas vezes, será ela em ti qual a chama que se alimenta em óleo de lágrimas.
Por isso mesmo, em várias ocasiões, é possível que os obstáculos do caminho te sugiram deserção das tarefas por executar e dos ideais por atingir.
Em todos os óbices da marcha, não menosprezes a oportunidade de seguir adiante, ao encontro da própria sublimação para a Vida Superior.
Talvez haja falido em compromissos que abraçaste e quase que te esmagas sob as dificuldades que se te antepõem ao imediato reajuste. . .
Perdeste afeições que julgavas invulneráveis e às quais empenhavas a própria
existência . . .
Varaste desenganos . . .
Carregas prejuízos indébitos que te obrigam a longo tempo de trabalho em favor do resgate justo . . .
Alegrias de ontem converteram-se hoje em aflições difíceis de suportar . . .
E, possivelmente, viste a presença da morte, arrebatando-te entes queridos, cuja ausência te deixou a sensibilidade perdida sob a neblina do sofrimento . . .
Estejas como estiveres, não te percas na expectação inoperante e prossegue adiante, agindo e servindo, a bem dos outros, o que resultará sempre em benefício de ti próprio.
Embora de pés sangrando e mãos desfalecentes, continua adiante, trabalhando e construindo no erguimento da felicidade do próximo, porquanto a hora de crise é a hora de luz e o momento de revisão das nossas próprias fraquezas; além disso, a época de provação, para cada um de nós, é o ensejo de ampliar a nossa fé, já que nos lances obscuros do quotidiano, quando todos ou quase todos os recursos de sobrevivência nos pareçam falhos na trilha do tempo, se guardamos atenção e paciência, acabamos por reconhecer que estamos todos sustentados pelo Amor Infinito, nos braços invisíveis de Deus.

"Só sei que nada sei"

Comentário de Jaak Bosmans em 9 fevereiro 2017 às 13:58

Belíssimo poema. Acredito que seja a carência de todos nós. Obrigado!

Comentário de Elodina Nunes em 9 fevereiro 2017 às 3:25

Ola boa noite, muito bonito este seu poema. Beijos

Comentário de Maria Gorette Formiga Figueiredo em 8 fevereiro 2017 às 21:45

Linda mensagem. Boa Noite.

Comentário de Margarida Maria Madruga em 8 fevereiro 2017 às 15:29

Lindo.

Fale com os membros

Ola deixe apenas uma mensagem por dia pois por limitações só são guardadas as ultimas 100 mensagens.

Membros da Rede

Menu de Funcionalidades

Membros
Fotos/Videos/Blog
Entretenimento/Ajuda

Novidades

Nota importante: Para ver as mensagens, os amigos e aceder as configurações use o menu da barra de topo.
Pagina Principal Página Principal

 Abrir o perfil

 Ver os recados.

 Abrir caixa de mensagens

 Ver pedidos de amizade recebidos

Lista de Membros Ver lista de Membros

 Configurações

Use o Menu lateral para:
Escrever mensagens aos amigos, adicionar entrada de blog, usar o gerar cartões, enviar presentes e flores.

Adicionados novos car-tões para  o Dia de finados, halloween, Boa noite e qualquer ocasião
nos cards Martinha.
Visitem e compartilhem

© 2022   Criado por Adul Rodri (Adm)   Produzido Por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Registe-se Juntos fazemos a diferença!