Amo como os poetas

Amo como os poetas amam
Em teus olhos retenho minha dor
O sorriso, ah! este sorriso,
Entranha em minh’alma
O toque de tuas mãos levemente
A noite é testemunha...
Das alegrias e desilusões
Deito meu corpo às vezes cansado
Nuvens de melancolia me invadem
Sem que perceba me vejo pensando
No passado de amor que tivemos
Apenas sussurro um gemido
Chamo teu nome com agonia
O cansaço faz-me adormecer
Um novo dia resplandece
Outra vez volto a amar
Como amam os poetas.

MENDUIÑA

Visualizações: 12

Deixar um comentário

Você precisa ser um membro de Global Social para adicionar recados!

Entrar em Global Social

Fale com os membros

Ola deixe apenas uma mensagem por dia pois por limitações só são guardadas as ultimas 100 mensagens.

Menu de Funcionalidades

Membros
Fotos/Videos/Blog
Entretenimento/Ajuda

Novidades

Nota importante: Para ver as mensagens, os amigos e aceder as configurações use o menu da barra de topo.
Pagina Principal Página Principal

 Abrir o perfil

 Ver os recados.

 Abrir caixa de mensagens

 Ver pedidos de amizade recebidos

Lista de Membros Ver lista de Membros

 Configurações

Use o Menu lateral para:
Escrever mensagens aos amigos, adicionar entrada de blog, usar o gerar cartões, enviar presentes e flores.

Adicionados novos car-tões para  o Dia de finados, halloween, Boa noite e qualquer ocasião
nos cards Martinha.
Visitem e compartilhem

© 2021   Criado por Adul Rodri (Adm)   Produzido Por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Registe-se Juntos fazemos a diferença!