Global Social

Fale com os membros

Ola deixe apenas uma mensagem por dia pois por limitações só são guardadas as ultimas 100 mensagens.

Membros da Rede

Menu de Funcionalidades

Membros
Fotos/Videos/Blog
Entretenimento/Ajuda

Novidades

Nota importante: Para ver as mensagens, os amigos e aceder as configurações use o menu da barra de topo.
Pagina Principal Página Principal

 Abrir o perfil

 Ver os recados.

 Abrir caixa de mensagens

 Ver pedidos de amizade recebidos

Lista de Membros Ver lista de Membros

 Configurações

Use o Menu lateral para:
Escrever mensagens aos amigos, adicionar entrada de blog, usar o gerar cartões, enviar presentes e flores.

Adicionados novos car-tões para  o Dia de finados, halloween, Boa noite e qualquer ocasião
nos cards Martinha.
Visitem e compartilhem

Nenhuma descrição disponível.

E ele disse: Trazei-me uma salva nova e ponde nela sal. E lha trouxeram.
2 Reis 2.20
Eliseu entendeu que os homens de Jericó, quando falaram com ele, queriam sua ajuda para resolver um problema, apesar de não terem feito tal pedido. A sabedoria desses cidadãos para ouvir os fez acreditar nos últimos acontecimentos envolvendo Eliseu. Os pastores têm de aprender com esse fato, pois, muitas vezes, as pessoas vêm nos relatar algo não para serem penalizadas, e sim para receberem a orientação necessária.
Eles queriam saber como poderiam saciar a sede com as águas de Jericó ou dá-las às criações, pois a maldição lançada por Josué ao destruir a cidade séculos antes só mencionava a morte do primogênito e do caçula de quem se atrevesse a reconstruir o local (Js 6.36). Será que também havia maldição para os futuros moradores? Ou quem sabe, Eliseu poderia realizar algo em favor deles? Bem, eles mencionaram o problema, e o profeta logo o solucionou.
Aquele dilema seria resolvido em breve, desde que lhe trouxessem uma salva nova – sacola onde se recebe a oferta da congregação. Eliseu mostrou o propósito do seu chamado, porém aqueles homens tinham de fazer algo novo e pequeno, para que o Senhor fizesse algo grande e eterno. É assim que o Altíssimo age sempre. Ao darmos ouvidos a Sua Palavra, a fé surge em nosso coração (Rm 10.17), e qualquer questão pode ser sanada!
Ao ouvi-los com atenção, o recém-levantado profeta entendeu a direção de Deus. Ah! Se os nossos pastores e demais líderes se dispusessem a cumprir a vontade divina, considerando com fé o que lhes é dito, o Senhor lhes mostraria a solução. A resposta pode vir no ato, na observação feita ao meditar nas Escrituras, ou na mensagem revelada para o próximo culto. Quando Deus fala, logo vem o Seu testemunho, a testificação no coração de que a decisão está correta (Hb 10.15,16). Assim, Eliseu pediu uma salva nova!
Aqueles homens eram nobres, pois perceberam que a unção repousada sobre o novo profeta era a saída para um transtorno que se arrastava havia séculos. A maldição lançada por Josué não dizia que era proibido beber das águas. Dessa forma, tudo o que não fora dito deixava de ser problema de quem voltou a morar na antiga terra dos cananeus, seus primeiros habitantes. A reconstrução foi nos dias de Acabe.
Eliseu foi específico quando orientou que colocassem sal na nova salva, e eles assim fizeram. O profeta sabia como proceder, e não se tem notícia de outro que fizera algo semelhante. Muitas vezes, somos usados para iniciar, pela fé, uma obra inédita. Isaías instruiu que colocassem um emplasto feito com folhas de figo em Ezequias (2 Rs 20.7). Fitoterapia? Não, um ato de fé que alguns já chamaram de ponto de contato. Siga o toque do Senhor!
Devemos fazer algo para que a fé opere. Após untar os olhos do cego com o lodo feito de cuspe e terra, Jesus disse-lhe: Vai ao tanque de Siloé e lava-te (Jo 9.11), e o homem obedeceu. Temos de realizar as mesmas obras de Cristo!
Em Cristo, com amor...

Visualizações: 2

Os comentários estão fechados para esta entrada de blog

© 2023   Criado por Adul Rodri (Adm)   Produzido Por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Registe-se Juntos fazemos a diferença!