Seja bem vindo(a). Agora está ainda mais fácil usar a rede Global Social, use os menus na barra de topo e nas laterais.
Novidades: Novos cartões em Cards Martinha, novas Barrinhas no grupo "O que a alma me fala", novos Poemas no grupo Poesia, novo Grupo Espaço Religião, novos Temas Margarida e Livita, novas Capas no grupo Arte para Perfil, novos Cartões no grupo Scraps, diariamente novos Blogs área de Blog. Obrigado pela Visita. Volte Sempre.

Vivemos tempos de exposição exagerada e de polémicas inúteis, haja vista a rapidez com que as informações se propagam via Internet. Os mais variados assuntos são colocados à nossa frente, principalmente pelas redes sociais, bem como entramos em contato com pontos de vista diversos. E os assuntos veiculados acabam, assim, chegando às rodas de conversa fora da tela do computador.

O problema nem é o excesso de informações, muitas vezes distorcidas, que chegam até as pessoas, mas sim a forma como são analisadas, os tipos de comentários que provocam, as reações muitas vezes violentas que suscitam em alguns leitores. Os valores embaralham-se tanto, que aparece gente justificando violência, disseminando preconceito, defendendo desumanidade. Muitos destes, porém, nem opinam direito, só querem mesmo é dar o contra.

Parece haver uma necessidade de aparecer, entre algumas pessoas, uma necessidade de chamar a atenção dos outros. No entanto, saudável seria destacar-se pelo que de bom, útil e interessante a pessoa tem a oferecer, ao contrário do que muitos fazem: opinam contrariamente a todo e qualquer tema que seja, polemizando assuntos triviais, enxergando o que não existe. Como se diz, querem causar. E acabam causando, sim: ânsia, náuseas e vergonha alheia.

Não adianta, se dissermos que sim, dirão que não; se falarmos que é azul, afirmarão que é verde; se explicarmos que verdura faz bem para a saúde, contestarão cada palavra ouvida. Porque o prazer de algumas pessoas está em contradizer, contrariar, contestar, em refutar a tudo e a todos, indistintamente, muitas vezes com argumentos pífios. Defenderão sempre o oposto de tudo, em casa, no trabalho, na vida, seja sobre qual assunto for.

Sempre será saudável debatermos ideias com quem pensa diferente, afinal, é assim que amadurecemos nossos pontos de vista, mantendo-os ou repensando-os, para que percebamos que nem sempre a razão estará connosco. No entanto, tentar discutir com quem só sabe contestar, sem que consiga reanalisar o próprio pensamento, é perda de tempo, de saúde mental e de saúde física. Esse tipo de gente não merece que nos desgastemos por conta de suas birras. Gastemos energia com quem pelo menos sabe escutar e deixemos os demais gastarem saliva à toa.


Marcel Camargo

Visualizações: 25

Os comentários estão fechados para esta entrada de blog

Fale com os membros

Ola deixe apenas uma mensagem por dia pois por limitações só são guardadas as ultimas 100 mensagens.

Novidades

Nota importante: Para ver as mensagens, os amigos e aceder as configurações use o menu da barra de topo.
Pagina Principal Página Principal

 Abrir o perfil

 Ver os recados.

 Abrir caixa de mensagens

 Ver pedidos de amizade recebidos

Lista de Membros Ver lista de Membros

 Configurações

Use o Menu lateral para:
Escrever mensagens aos amigos, adicionar entrada de blog, usar o gerar cartões, enviar presentes e flores.

Adicionados novos car-tões para  Páscoa e Semana Santa nos cards Martinha.

Menu de Funcionalidades

Membros
Fotos/Videos/Blog
Entretenimento/Ajuda

Presença no Facebook

Grupo do Global no Facebook

Pagina Curtam, a Pagina no Facebook

© 2020   Criado por Adul Rodri (Adm)   Produzido Por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Registe-se Juntos fazemos a diferença!