Global Social

O seu é doce
Da mesma marca do meu
É quando a gente faz
Poesia pelo cheiro

E a gente quando ser flor
É para encantar
É para se sentir bem
É banho após banho

Há quem passe nos pulsos
Há quem passe no pescoço
Há quem passe em si todo
É uma sinestesia ambulante

A manhã se fazia presente
Um raiar de um novo dia
Via-se a primavera
Sereno perfume exalava no bosque

Guarda na memória
O cheiro do perfume
Nas manhãs da primavera
Aquele cheiro de flores

António Lima, 05-07-2024

Enviado por LIMATONY em 05/07/2024
Código do texto: T8100254
Classificação de conteúdo: seguro

Visualizações: 2

Deixar um comentário

Você precisa ser um membro de Global Social para adicionar recados!

Entrar em Global Social

Fale com os membros

Ola deixe apenas uma mensagem por dia pois por limitações só são guardadas as ultimas 100 mensagens.

Membros da Rede

Menu de Funcionalidades

Membros
Fotos/Videos/Blog
Entretenimento/Ajuda

© 2024   Criado por Adul Rodri (Adm)   Produzido Por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Registe-se Juntos fazemos a diferença!