Seja bem vindo(a). Agora está ainda mais fácil usar a rede Global Social, use os menus na barra de topo e nas laterais.
Novidades: Novos cartões em Cards Martinha, novas Barrinhas no grupo "O que a alma me fala", novos Poemas no grupo Poesia, novo Grupo Espaço Religião, novos Temas Margarida e Livita, novas Capas no grupo Arte para Perfil, novos Cartões no grupo Scraps, diariamente novos Blogs área de Blog. Obrigado pela Visita. Volte Sempre.

Foto: Pexels, banco de dados, https : //i.ibb.co/HPVbKDb/lisboa.jpg

Em 2014, quando estive em Lisboa pela última vez, dava até medo de caminhar pela Prata, Augusta e Áurea, as três avenidas paralelas que desembocam na Praça do Comércio. A região conhecida como Baixa era ocupada por lojas decadentes e alguns pedestres arrastando os pés. Quisesse conhecer o lado mais vívido da cidade, o turista deveria perambular pelo Chiado e a Alfama, ainda assim sem criar expectativas: "vívido" nunca foi o melhor adjetivo para classificar a capital portuguesa, mais facilmente identificada pela melancolia. Cinco anos atrás é pré-história. Lisboa acordou, e está com saudade nenhuma da antiga sonolência.

Outubro de 2019. Fiquei hospedada exatamente na Baixa, onde agora se multiplicam bistrôs com mesas na calçada, butiques, cafés, artistas de rua, turistas escandinavos, orientais e muitos, muitos brasileiros – residentes, na maioria. Seria exagero dizer que Lisboa hoje é uma cidade que não dorme: ferra no sono. Mas agora em horário de gente grande.

Há restaurantes moderninhos de montão, mas bom mesmo é sentir os aromas e sabores tradicionais. As casas de fado convivem com um exército de pubs, cevicherias e rooftops – o programa é escolher um vinho do Alentejo e reverenciar o pôr do sol escutando o som de algum DJ. A tristeza, produto tipicamente lusitano, agora só nos versos de Fernando Pessoa.

A arquitetura, sabiamente, continua preservada, não há nenhum monstrengo de 20 andares ocultando a vista do Tejo ou sepultando os casarios coloniais que embelezam a capital portuguesa. As calçadas seguem lindas e escorregadias, as igrejas ladeadas por buganvílias: o bom senso e o bom gosto continuam de mãos dadas. Para quem quer modernidade extrema, a poucos minutos de carro está o Parque das Nações, uma área construída há apenas duas décadas, onde os admiradores de Dubai podem se esbaldar com o design futurista. Uma visita ao Oceanário é obrigatória, leve uma criança se precisar de álibi.

O Mercado da Ribeira, revitalizado, está com uma atmosfera ótima para tragos e tapas. O bar Pensão do Amor é um achado: fica num antigo prostíbulo da rua do Alecrim. E as livrarias continuam ao pé da rua, como a menor livraria do mundo (nas Escadinhas de São Cristóvão), a Ler Devagar na XL Factory, a tradicional Bertrand no Chiado, a moderna Travessa no bairro Príncipe Real e o sebo Deja Lu, em Cascais. Livros são mais importantes que pasteis de nata.

Segurança, emprego, cabeças arejadas, investimento em cultura e no turismo. Este é o socialismo português, que acaba de eleger o parlamento mais feminino da história, com 89 mulheres, sendo três negras de origem africana. Despertar é preciso. Enquanto isso, tendo Trump como modelo, salve, salve o Brazil com zzzzzzz.

Martha Medeiros
Fonte: Nsctotal.com.br - colunistas - Martha Medeiros, "Boa Lisboa"

Visualizações: 34

Os comentários estão fechados para esta entrada de blog

Comentário de Evanilde Rocha em 17 janeiro 2020 às 4:05

Resultado de imagem para cidade de Lisboa portugal"

Muito linda a história de quem teve o prazer de conhecer Lisboa, a capital portuguesa. Quando sabemos que um pais cresce, mesmo que distante, sentimo-nos felizes. Parabéns

Comentário de Margarida Maria Madruga em 4 dezembro 2019 às 22:31

Meus avós maternos eram de Lisboa.
Se melhorou, ótimo.
Mas os brasileiros de minha cidade que foram para Portugal na esperança de se estabelecer voltaram sem nenhum vintém!

Comentário de Ana Cruz Nobre em 4 dezembro 2019 às 18:04

FELIZMENTE AQUI AINDA SE VIVE COM ALGUMA PAZ !

BEIJOS

Comentário de Patrizia Gardona em 4 dezembro 2019 às 9:45

D5-A

Comentário de Lia Menezes em 4 dezembro 2019 às 1:00

Amei Lisboa!!!
Boa noite

Fale com os membros

Ola deixe apenas uma mensagem por dia pois por limitações só são guardadas as ultimas 100 mensagens.

Novidades

Nota importante: Para ver as mensagens, os amigos e aceder as configurações use o menu da barra de topo.
Pagina Principal Página Principal

 Abrir o perfil

 Ver os recados.

 Abrir caixa de mensagens

 Ver pedidos de amizade recebidos

Lista de Membros Ver lista de Membros

 Configurações

Use o Menu lateral para:
Escrever mensagens aos amigos, adicionar entrada de blog, usar o gerar cartões, enviar presentes e flores.

Adicionados novos car-tões para  Páscoa e Semana Santa nos cards Martinha.

Menu de Funcionalidades

Membros
Fotos/Videos/Blog
Entretenimento/Ajuda

Presença no Facebook

Grupo do Global no Facebook

Pagina Curtam, a Pagina no Facebook

© 2020   Criado por Adul Rodri (Adm)   Produzido Por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Registe-se Juntos fazemos a diferença!