Seja bem vindo(a). Agora está ainda mais fácil usar a rede Global Social, use os menus na barra de topo e nas laterais.
Novidades: Novos cartões em Cards Martinha, novas Barrinhas no grupo "O que a alma me fala", novos Poemas no grupo Poesia, novo Grupo Espaço Religião, novos Temas Margarida e Livita, novas Capas no grupo Arte para Perfil, novos Cartões no grupo Scraps, diariamente novos Blogs área de Blog. Obrigado pela Visita. Volte Sempre.

Blog de Patrizia Gardona -- junho 2020 Ficheiro (29)

Para que a existência valha a pena…

Não lembro em que momento percebi que viver deveria ser uma permanente reinvenção de nós mesmos — para não morrermos soterrados na poeira da banalidade, embora pareça que ainda estamos vivos.



Mas compreendi, num lampejo: então é isso, então é assim. Apesar dos medos, convém não ser demais fútil nem demais acomodada. Algumas vezes é preciso pegar o touro pelos chifres, mergulhar para depois ver o que acontece: porque a vida…

Ler mais

Adicionado por Patrizia Gardona em 30 junho 2020 às 9:30 — Sem comentários

Abençoadas sejam...

Abençoadas sejam as surpresas risonhas do caminho. As belezas que se mostram sem fazer suspense. As afeições compartilhadas sem esforço.

As vezes em que a vida nos tira pra dançar sem nos dar tempo de recusar o convite.

As maravilhas todas da natureza, sempre surpreendentes, à espera da nossa entrega apreciativa.

A compreensão que floresce, clara e mansa, quando os olhos que veem são da bondade.

Abençoados sejam…

Ler mais

Adicionado por Patrizia Gardona em 29 junho 2020 às 8:30 — Sem comentários

Cicatriz

Eu achava que nunca deixaria de doer.

Que havia machucado de tal modo que a dor nunca arredaria os pés dali.

Que aquele incomodo não passaria mais.

Eu estava enganada: passou.

A memória me conta com frequência cada vez menor o que aconteceu.

Lembranças de vez em quando vêm dizer que uma dor existiu bem ali, mas não dói mais.

Ana Jácomo

Fonte:…

Ler mais

Adicionado por Patrizia Gardona em 28 junho 2020 às 11:30 — Sem comentários

Despertar

Não sei exatamente em que momento comecei a despertar. Só sei que comecei a compreender o respeito e a reverência que a experiência humana merece. A me dar conta de delícias que passaram despercebidas durante um sono inteiro.

E a lembrar do que estou fazendo aqui.

Ainda que eu não faça.

Ainda que os vícios que o sono deixou costumem me atrapalhar.

Ainda que, de vez em quando, finja continuar dormindo.

Mas não…

Ler mais

Adicionado por Patrizia Gardona em 27 junho 2020 às 12:30 — Sem comentários

Poema Ana Jacomo

https://karinizumi.files.wordpress.com/2013/11/anajacomo.jpg

Adicionado por Patrizia Gardona em 26 junho 2020 às 8:30 — Sem comentários

Poema de trás para frente e vice versa

Não te amo mais.

Estarei mentindo dizendo que

Ainda te quero como sempre quis.

Tenho certeza que

Nada foi em vão.

Sinto dentro de mim que

Você não significa nada.

Não poderia dizer jamais que

Alimento um grande amor.

Sinto cada vez mais que

Já te esqueci!

E jamais usarei a frase

Eu te amo!

Sinto, mas tenho que dizer a verdade

É tarde demais...



(Agora leia…

Ler mais

Adicionado por Patrizia Gardona em 25 junho 2020 às 9:30 — Sem comentários

Muitas vezes...

Muitas vezes dizemos amar, mas estamos só desrespeitando. Dizemos amar, mas estamos só impondo. Dizemos amar, mas estamos só olhando para nós mesmos.

Dizemos amar, mas estamos só fazendo adoecer as belezas disponíveis.

Dizemos amar, mas estamos só amarrando sementes e calando primaveras.

Dizemos amar, mas estamos só inflando nuvens que escondem cada vez mais o sol.

Dizemos amar, mas estamos só dizendo. Amor tem…

Ler mais

Adicionado por Patrizia Gardona em 24 junho 2020 às 9:00 — Sem comentários

O Coração humano...

Como faz com toda gente,a vida já aprontou tantas comigo, já me testou emocionalmente de tantas maneiras, já cansou tanto a minha beleza com suas armadilhas medidoras de fé, que, no fim das contas, ou aqui bem no meio delas, ela me trouxe a graça e a liberdade de experimentar viver com um coração que não é de todo valente, mas que é humano. Coração humano é feito para o afeto, quer a gente consiga viver ou não esse chamado.…

Ler mais

Adicionado por Patrizia Gardona em 23 junho 2020 às 7:00 — Sem comentários

O que pravelece...

O que prevalece agora é essa maneira nova de sentir a vida. Essa perspectiva que me faz admirar, incansáveis vezes, antigas preciosidades. Essa vontade de bendizer tantas maravilhas.

Esse sentimento de gratidão pelas coisas mais simples que existem.

Esse jeito mais amigo de ouvir meu coração.

O que prevalece agora é essa apreciação mais desperta,

que me permite reinaugurar flores e céus e pessoas no meu…

Ler mais

Adicionado por Patrizia Gardona em 22 junho 2020 às 9:00 — Sem comentários

Lagrimas

Torça bem as lágrimas, uma a uma, até desencharcar o coração. Depois, estenda a tristeza pra secar no varal da auto gentileza. Lá costuma bater sol.

Ana Jácomo
Fonte: Pensador.com/autor/ana_jacomo

Adicionado por Patrizia Gardona em 21 junho 2020 às 8:30 — Sem comentários

Silencio

Nós os índios, conhecemos o silêncio. Não temos medo dele. Na verdade, para nós ele é mais poderoso do que as palavras. Nossos ancestrais foram educados nas maneiras do silêncio e eles nos transmitiram esse conhecimento. "Observa, escuta, e logo atua", nos diziam.

Esta é a maneira correta de viver:

Observa os animais para ver como cuidam se seus filhotes.

Observa os anciões para ver como se comportam.

Observa o…

Ler mais

Adicionado por Patrizia Gardona em 20 junho 2020 às 12:30 — Sem comentários

Perseverança

Jogo a minha rede no mar da vida e às vezes, quando a recolho, descubro que ela retorna vazia. Não há como não me entristecer e não há como desistir. Deixo a lágrima correr, vinda das ondas que me renovam, por dentro, em silêncio: dor que não verte, envenena. O coração marejado, arrumo, como posso, os meus sentimentos. Passo a limpo os meus sonhos. Ajeito, da melhor forma que sei, a força que me move. Guardo a minha rede e deixo o…

Ler mais

Adicionado por Patrizia Gardona em 19 junho 2020 às 8:00 — Sem comentários

Desapego

Coragem, às vezes, é desapego. É parar de se esticar, em vão, para trazer a linha de volta. É permitir que voe sem que nos leve junto.

É aceitar que a esperança há muito se desprendeu do sonho.

É aceitar doer inteiro até florir de novo.

É abençoar o amor, aquele lá, que a gente não alcança mais.

Ana Jácomo

Fonte:…

Ler mais

Adicionado por Patrizia Gardona em 18 junho 2020 às 8:00 — Sem comentários

Almas Perfumadas

Tem gente que tem cheiro de passarinho quando canta.

De sol quando acorda.

De flor quando ri.

Ao lado delas, a gente se sente no balanço de uma rede que dança gostoso numa tarde grande, sem relógio e sem agenda.

Ao lado delas, a gente se sente comendo pipoca na praça, melando os dedos com algodão-doce da cor mais doce que tem pra escolher.

O tempo é outro e a vida fica com a cara que ela tem de verdade, mas…

Ler mais

Adicionado por Patrizia Gardona em 17 junho 2020 às 8:30 — Sem comentários

Ser sensível nesse mundo requer muita coragem

Ser sensível nesse mundo requer muita coragem. Todo dia. Esse jeito de ouvir além dos olhos, de ver além dos ouvidos, de sentir a textura do sentimento alheio tão clara no próprio coração e tantas vezes até doer ou sorrir junto com toda sinceridade. Essa intensidade toda em tempo de ternura minguada. Esse amor tão vivido em terra em que a maioria parece se assustar mais com o afeto do que com a indelicadeza. Esse cuidado espontâneo…

Ler mais

Adicionado por Patrizia Gardona em 16 junho 2020 às 8:00 — Sem comentários

Sensibilidade

Ser sensível nesse mundo requer muita coragem. Todo dia.

Esse jeito de ouvir além dos olhos, de ver além dos ouvidos, de sentir a textura do sentimento alheio tão clara no próprio coração e tantas vezes até doer ou sorrir junto com toda sinceridade.

Essa intensidade toda em tempo de ternura minguada.

Esse amor tão vivido em terra em que a maioria parece se assustar mais com o afeto do que com a indelicadeza.

Esse…

Ler mais

Adicionado por Patrizia Gardona em 15 junho 2020 às 7:00 — Sem comentários

Merece um amor

Adicionado por Patrizia Gardona em 14 junho 2020 às 11:30 — Sem comentários

Meu mundo...

Meu mundo se resume a palavras que me perfuram, a canções que me comovem, a paixões que já nem lembro, a perguntas sem respostas, a respostas que não me servem, à constante perseguição do que ainda não sei. Meu mundo se resume ao encontro do que é terra e fogo dentro de mim, onde não me enxergo, mas me sinto.

Martha Medeiros

Fonte:…

Ler mais

Adicionado por Patrizia Gardona em 13 junho 2020 às 12:00 — Sem comentários

Era uma festa familiar...

Era uma festa familiar, dessas que reúnem tios, primos, avós e alguns agregados ocasionais que ninguém conhece direito. Jogada no sofá, uma garota não estava lá muito sociável, a cara era de enterro. Quieta, olhava para a parede como se ali fosse encontrar a resposta para a pergunta que certamente martelava em sua cabeça: o que estou fazendo aqui? De soslaio, flagrei a mãe dela também observando a cena, inconsolável, ao mesmo tempo…

Ler mais

Adicionado por Patrizia Gardona em 12 junho 2020 às 8:00 — Sem comentários

O Charme das Feias-bonitas

Se você não é nenhuma Gisele Bündchen, não há motivo para se desesperar em frente ao espelho. Quem dera ser uma deusa, mas não sendo, há chance de ser incluída no time das interessantes. Junte nove lindas e uma mulher interessante e será ela quem vai se destacar entre as representantes do marasmo estético. Perfeição, você sabe, entedia.



Mulher interessante é aquela que não nasceu com tudo no lugar, a não ser a cabeça – e,…

Ler mais

Adicionado por Patrizia Gardona em 11 junho 2020 às 8:00 — Sem comentários

Fale com os membros

Ola deixe apenas uma mensagem por dia pois por limitações só são guardadas as ultimas 100 mensagens.

Novidades

Nota importante: Para ver as mensagens, os amigos e aceder as configurações use o menu da barra de topo.
Pagina Principal Página Principal

 Abrir o perfil

 Ver os recados.

 Abrir caixa de mensagens

 Ver pedidos de amizade recebidos

Lista de Membros Ver lista de Membros

 Configurações

Use o Menu lateral para:
Escrever mensagens aos amigos, adicionar entrada de blog, usar o gerar cartões, enviar presentes e flores.

Adicionados novos car-tões para  o Dia dos Pais e qualquer ocasião
nos cards Martinha.
Visitem e compartilhem

Menu de Funcionalidades

Membros
Fotos/Videos/Blog
Entretenimento/Ajuda

Presença no Facebook

Grupo do Global no Facebook

Pagina Curtam, a Pagina no Facebook

© 2020   Criado por Adul Rodri (Adm)   Produzido Por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Registe-se Juntos fazemos a diferença!