Seja bem vindo(a). Agora está ainda mais fácil usar a rede Global Social, use os menus na barra de topo e nas laterais.
Novidades: Novos cartões em Cards Martinha, novas Barrinhas no grupo "O que a alma me fala", novos Poemas no grupo Poesia, novo Grupo Espaço Religião, novos Temas Margarida e Livita, novas Capas no grupo Arte para Perfil, novos Cartões no grupo Scraps, diariamente novos Blogs área de Blog. Obrigado pela Visita. Volte Sempre.

Visualizações: 89

Respostas a este tópico

Membro: Magna Coeli
Data: 24 Setembro 2009 às 11:00
Titulo:Agora é tarde... Inês é morta!
Mensagem:

Quantas vezes ouvimos essa expressão e muitas vezes não sabemos como surgiu, então venho contantar-lhes uma linda história de Amor, com fim trágico.
Dom Pedro Príncipe de Portugal, filho do Rei Afonso IV, era casado com D. Constança, mas se apaixonara por Inês de Castro, dama de companhia de D. Constança e filha ilegítima de um nobre português. Com a morte de D. Constança, Inês foi morar em Coimbra às margens do Rio Mondego e D. Pedro, futuro Rei de Portugal, viúvo, queria selar seu amor com Inês fazendo dela sua rainha.
O Rei Afonso IV temendo pela sucessão do trono que seria seu neto, filho de Constança e pela influência dos nobres que temiam uma influência castelhana, tenta resgatar o filho e conduzi-lo a um casamento que obedecesse não aos caprichos de cupido, mas às conveniências políticas de Portugal. Para isso, vendo como única saída, o Rei manda vir Inês para que seja executada. Os terríveis verdugos trouxeram Inês e seus filhos perante o Rei. Depois de ouvir a sentença, Inês ergueu os olhos aos céus e disse:
"Até mesmo as feras, cruéis de nascença, e as aves de rapina já demonstraram piedade com as crianças pequenas. O senhor, que tem o rosto e o coração humanos, deveria ao menos compadecer-se destas criancinhas, seus netos, já que não se comove com a morte de uma mulher fraca e sem força, condenada somente por ter entregue o coração a quem soube conquistá-lo. E se o senhor sabe espalhar a morte com fogo e ferro, vencendo a resistência dos mouros, deve saber também dar a vida, com clemência, a quem nenhum crime cometeu para perdê-la. Mas se devo ser punida, mesmo inocente, mande-me para o exílio perpétuo e mísero na gelada Cítia ou na ardente Líbia onde eu viva eternamente em lágrimas. Ponha-me entre os leões e tigres, onde só exista crueldade. E verei se neles posso achar a piedade que não achei entre corações humanos. E lá, com o amor e o pensamento naquele por quem fui condenada a morrer, criarei os seus filhos, que o senhor acaba de ver, e que serão o consolo de sua triste mãe. "Comovido com essas palavras, o Rei já pensava em absolver Inês, quando os verdugos, que defendiam a execução, sacaram de suas espadas e degolaram Inês.
O Agora é tarde... Inês é morta, surge justo do arrependimento do Rei, tardiamente, quando os carrascos já haviam executado o trabalho.
Isso aconteceu em 1355 e D. Pedro, inconformado, mandou vestir a noiva com roupas nupciais, sentou o cadáver no trono e fez os nobres lhe beijarem a mão, daí falar-se que "a infeliz foi rainha depois de morta".
D. Pedro manda transladar o corpo de Inês do mosteiro com pompas de rainha para o mosteiro de Alcobaça em 1361, quando já era rei. Portanto, seis anos após o assassinato.
Ao subir ao trono D. Pedro conseguiu que outro Pedro, o Cruel, rei de Castela, lhe entregasse os homicidas, que para lá fugiram, pois os dois monarcas tinham um pacto de devolver um ao outro os respectivos inimigos.
Para imortalizar seu amor por Inês, D. Pedro jurou em presença de sua corte que se havia casado clandestinamente com ela, transformando-a, dessa maneira, em rainha após a morte.
Os túmulos de D. Pedro I e de D. Inês de Castro encontram-se no Mosteiro de Alcobaça. São duas verdadeiras obras-primas da escultura gótica em Portugal, cuja a construção se situa entre 1358 e 1367.
Alcobaça é zona litoral centro de Portugal. Pertencente ao distrito de Leiria, lindo local para visitação.

Membro: Magna Coeli
Data: 25 Setembro 2009 às 11:30
Titulo:Reconstruindo Ruínas
Mensagem:

Quando Thomas Carlyle, historiador e ensaísta inglês, concluiu o segundo volume de sua História da Revolução Francesa,entregou o manuscrito a John Stuart Mill, para que este fizesse observações. Mill leu o manuscrito e emprestou-o a um amigo. Esse amigo deixou-o sobre a escrivaninha certa noite, depois de lê-lo. Na manhã seguinte a empregada, procurando alguma coisa com a qual acender o fogo, encontrou a pilha de papéis soltos e, pensando que fossem rascunhos antigos, usou-os para acender o fogo. Aquilo que havia custado anos de trabalho a Carlyle era cinza agora!
Quando Mill, branco como um lençol, relatou a devastadora notícia a Carlyle, este ficou tão atónito com sua perda que não conseguiu fazer nada durante semanas. Então um dia, sentado diante da janela aberta, remoendo sua terrível perda, observou um pedreiro reconstruindo uma parede de tijolos. Pacientemente,o homem colocava tijolo sobre tijolo, enquanto assobiava uma alegre melodia.
"Pobre tonto", pensou Carlyle, "como pode estar tão alegre quando a vida é tão fútil?" Depois, repentinamente, teve outro pensamento. "Pobre tonto", disse ele de si mesmo, "você está aqui sentado junto à janela, queixando-se e lamentando, enquanto aquele homem reconstrói uma casa que durou gerações."
Levantando-se da cadeira, Carlyle começou a trabalhar no segundo rascunho da História da Revolução Francesa. Conforme seu próprio relato, e o daqueles que tiveram a oportunidade de ler ambas as versões da obra, a última foi bem melhor! A destruição de nossos queridos sonhos não precisa ser o fim do mundo. Pode ser o início de algo melhor!
Carlyle tem sido uma inspiração para muitos, no sentido de recomeçar depois de terem visto destruído o trabalho de sua vida. É improvável, entretanto, que o humilde pedreiro que deu a Carlyle a inspiração de começar de novo, tenha ficado sabendo que ele teve participação em recriar uma obra-prima literária.
Que nos sirva de ensino... Nem tudo está perdido quando angustiadamente pensamos está, há sempre uma esperança de um recomeço, basta dar o primeiro passo.

Membro: Magna Coeli
Data: 06 Outubro 2009 às 13:30
Titulo:10 Anos sem AMÁLIA RODRIGUES
Mensagem:

Amália da Piedade Rodrigues, foi uma fadista, cantora e actriz portuguesa, considerada o exemplo máximo do fado, comummente aclamada como a voz de Portugal e uma das mais brilhantes cantoras do século XX. Está sepultada no Panteão Nacional, entre os portugueses ilustres.
Tornou-se conhecida mundialmente como a Rainha do Fado e, por consequência, devido ao simbolismo que este género musical tem na cultura portuguesa, foi considerada por muitos como uma das suas melhores embaixadoras no mundo. Aparecia em vários programas de televisão pelo mundo fora, onde não só cantava fados e outras músicas de tradição popular portuguesa, como ainda canções contemporâneas (iniciando o chamado fado-canção) e mesmo alguma música de origem estrangeira (francesa, americana, espanhola, italiana, brasileira).
Em comemoração aos 10 anos de sua morte uma exposição que pretende repensar Amália Rodrigues (1920-1999) como símbolo da cultura portuguesa, com mais de 500 peças, entre objectos pessoais e obras de artistas plásticos contemporâneos inspiradas na fadista, foi inaugurado ontem, 05/10 em dois museus de Lisboa. A mostra, intitulada "Amália, Coração Independente", divide-se em simultâneo entre o Museu de Electricidade e o Museu Colecção Berardo, ambos na zona de Belém, no âmbito dos dez anos da morte da autora do célebre fado "Estranha forma de Vida".
A iniciativa é da Fundação Amália Rodrigues em co-produção com o Museu Berardo e a Fundação EDP - Museu da Electricidade, também em parceria com o Museu Nacional do Teatro e a editora discográfica Valentim de Carvalho.

Membro: Magna Coeli
Data: 09 Outubro 2009 às 20:30
Titulo:Barack Hussein Obama II - Prémio Nobel da Paz
Mensagem:

Nascido em Honolulu, Havaí, filho de Barack Hussein Obama, do Quênia, e de Ann Dunham, uma americana branca de Wichita, no Kansas, com nome de imperador ou rei, Barack Hussein Obama II apresenta-se com experiência multi-cultural em todas as perspectivas; fazendo de seu nome, sua cor, suas heranças, sua internacionalidade, de sua multi-racialidade, de sua inter-religiosidade, e de sua experiência com serviços humanos — o que faltava à América e ao mundo, em termos de novo paradigma de Imperador Global, amado pela mídia, aguardado como messias por quase todos os povos, especialmente os árabes, africanos e grupos étnicos segregados ou estigmatizados... Obama é perfeito. Magro, simpático, elegante, fluente, eloquente, rápido de raciocínio, bom de câmera, conectado com esta geração, emblemático em sua aparência, em sua genética universal e em sua condição de multi-tudo, o Presidente dos Estados Unidos sente-se como o homem da Era, e não apenas da Hora.
Agora, (ontem) ganha o PRÉMIO NOBEL DA PAZ... uiiiiiiii, me assusta.
Portanto, se alguém deseja orar com lucidez por Barack Obama, frente ao imenso desafio que agora é dele e de sua administração ,ore para que ele seja um homem de uma cara só, de uma palavra só, de acordos claros, de transparência no fazer, de objectividade na escolha da justiça, de independência ante a adulação da mídia, de discernimento frente às inúmeras avenidas de tentação que ele tem diante de si... e, sobretudo, peça a Deus que ele seja quebrantável e humilde.
Porque Obama está em uma posição de importância vital para o bem ou o mal da humanidade. Dependendo de como ele se conduza e se comporte, por dentro e por fora, tal movimento terá importância ótima ou devastadora para a Terra.
Que Deus abençoe Obama.

Membro: Magna Coeli
Data: 13 Novembro 2009 às 11:00
Titulo:O amor de DEUS por Caim
Mensagem:

Há figuras na Bíblia que nos parecem que existiram apenas para carregar maldições. Caim é a primeira figura humana a tornar-se uma simbolização maligna. Sem dúvida, no resto da Bíblia, Caim cresce como figura arquetipica da desfraternalização dos humanos.
Caim é o primeiro homem que não consegue lidar com a Graça.
O amor de Deus que afirmava a genuinidade do coração de Abel, não provocou nele nenhum tipo de auto-percepção, mas apenas de projeção irada contra Deus, e objetivamente transferida de modo odioso contra o único que poderia receber seu ódio: o irmão.
Na verdade Caim é o Judas da antiguidade. Ambos são simbolizações históricas daquilo que é mal, mas não significa que o “entendimento” que houve entre Deus e eles os tenha deixado para sempre tão cristalizados em suas próprias almas, quanto cristalizados ficaram nas simbolizações que passaram a encarnar ante os sentidos históricos dos humanos.
O que temos que compreender é que os “filhos da perdição” como Caim e Judas existem muito mais como uma manifestação de pedagogia histórica para nós, humanos, do que como uma fixação definitiva dessas figuras em estados eternos de perdição.
Entretanto, ... e se esses indivíduos, à semelhança do ladrão salvo na Cruz sobre quem a Graça se derramou, mas nós jamais creríamos se o Evangelho não tivesse nos dito que ele está com Jesus “no Paraíso” também tiveram sua “conversa privada” com Deus... tendo-nos sobrado apenas as suas imagens como simbolizações do mal?
Como a história é sobretudo um fenómeno de comunicação, e se serve de simbolizações para se fazer ilustrar... pessoas, cidades, nações, e geografias... ficaram marcadas na Bíblia como sendo “malignas”, sendo que as coisas e pessoas... em si... não têm que ter tido o mesmo destino maligno que sua figura histórica passou a dar face.
Um dia nós entenderemos isto com muita clareza, todos nós, e nos envergonharemos de nossas pseudo-certezas, e juízos perenes.
Na realidade o Caim que entrou para a história pelo ato de perversidade cometido contra o seu irmão, Abel, não ficou de todo destituído dos cuidados divinos.
Pois a ele disse Deus: Que fizeste? A voz do sangue de teu irmão está clamando a mim desde a terra. Agora maldito és tu desde a terra, que abriu a sua boca para da tua mão receber o sangue de teu irmão. Quando lavrares a terra, não te dará mais a sua força; fugitivo e vagabundo serás na terra.
Ante a certeza de ser amaldiçoado, Caim entrou no mais profundo de todos os medos e terrores... Ele sabia que sobre ele haveria “um clamor humano” por vingança. Então se declarou amaldiçoado e perdido... Confessou-se um zumbi... Um andarilho prestes a morrer... Dando sempre passos para alguma emboscada... Enquanto andava para o nada.
Então disse Caim ao Senhor: É maior a minha punição do que a que eu possa suportar. Eis que hoje me lanças da face da terra; também da tua presença ficarei escondido; serei fugitivo e vagabundo na terra; e qualquer que me encontrar matar-me-á.
O Senhor, porém, lhe disse, porém alardeando Sua Palavra para todos, pois é assim que Sua voz se faz ouvir: Portanto quem matar a Caim, sete vezes sobre ele cairá a vingança.
E pôs o Senhor um sinal em Caim, para que não o ferisse quem quer que o encontrasse.
Que coisa linda!...
Houve misericórdia e graça "até" para Caim. Quem o matasse seria sete vezes vingado... E Deus pos uma marca de proteção... Um selo divino... Um aviso para que ninguém se metesse entre Ele e Caim.
Ora, se houve Graça que protegesse a Caim, não haverá muito maior Graça sobre a nossa vida, que está sob o Sangue da Aliança, e que descansa na justiça do Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo?
Caim carregou as consequências históricas de seus actos, e emprestou seu nome a uma trágica simbolização.
Mas não esqueçamos: isto é o que ficou para nós... para o nosso ensino... e para nos fazer ver as consequências de todos os actos humanos...
Todavia, ninguém sabe o que houve entre Caim e Aquele que disse que nele ninguém deveria tocar...
Os desfechos de todas as histórias humanas é um segredo divino. E sábio é todo aquele que não ousar dizer o que aconteceu.
O Deus de toda misericórdia e graça é quem conhece e sonda nossos corações.
Amem

Membro: Magna Coeli
Data: 20 Dezembro 2009 às 11:00
Titulo:A Internet
Mensagem:

A Internet apesar de todas as mentiras, perfis falsos, conversa fiada, fantasia, engano, auto-engano, fábulas, invenções, etc... é também um lugar de muita verdade... Sim, verdade até nas mentiras. Posto que até quando se mente na internet o conteúdo da mentira revela sempre o conteúdo do coração do mentiroso... assim como o “perfil falso” conta a história secreta da fantasia do “perfilado”... assim como também o “juízo precipitado” narra a fantasia do perplexo que se admira que aquilo ainda não tenha acontecido a ele... Ou, então, a Internet expressa as duvidas dos duvidosos sobre si mesmos, e não sobre os outros...
O que as pessoas precisam saber é que um instrumento de mídia como a Internet é, sobretudo, no caso de conteúdos, um confessionário universal, pois, quando se fala a verdade é bom; e quando se mente, ainda assim a pessoa se revela para quem entende, posto que em toda mentira haja a confissão da verdade como negação ou ocultamento... Assim, todo mentiroso Internetiano está sempre se confessando, pelo menos para mim, em tudo aquilo que afirma como mentira... Ou seja: a mentira dele é a verdade...
Nesse caso, basta não prestar atenção na mentira, mas nas construções do mentiroso... pois, para cada mentira contada existe um interesse que fala qual seja a vontade do mentiroso...
Assim, quando me falam a verdade na Internet, louvo a verdade; e quando me mentem, louvo a Deus pelo discernimento tanto da mentira quanto da verdade ocultada pela bandeira da mentira...
O fato é que a cada dia tudo mais se arreganha na Internet; isto para quem aprende a ler as linhas...
Pense... Pense em você... Pense no que você pensa... Pense no que você diz... Releia o que você escreve, decreta e declara na Internet...
Leia a si mesmo e você se entenderá bastante... Sim, desde que o faça na verdade...
Mas quem gosta e quer a verdade?... Poucos, preferem a ilusão de falsear a si mesmos como se pudessem negar o que vem do cerne.

Membro: Magna Coeli
Data: 24 Janeiro 2010 às 10:30
Titulo:Um mundo sem família será um mundo sem amor
Mensagem:

Mas e não há mais famílias no mundo?... Claro que há, mas está acabando... Ainda há pai e mãe, apesar de que muitos são apenas progenitores e dia a dia, menos pais e mães de fato... Daqui a tempo haverá uma grande quantidade de filhos de proveta e sem pais de fato.
Hoje se vê a falta de família determinando os grandes problemas sociais nas grandes cidades do mundo...
São meninos e meninas cheios de ódio e de rancor,tomados de vontade violenta, irreverentes, prontos para qualquer coisa suicida... Prova disso, além da proliferação das drogas químicas que matam, há ainda os crimes contra pai, mãe, avós e parentes... O que poderá fazer o Estado em favor de uma sociedade sem famílias?...
Não basta haver progenitores ou agentes legais de paternidade e maternidade... O que falta mesmo é a velha e saudável noção de família, de casamento, de educação, de respeito, de reverencia pelos mais velhos e sobretudo, falta a certeza de que pai e mãe são para sempre... este último aspecto é o mais fundamental...
Entretanto, tal conceito está moribundo pelo fato não apenas de os pais se separarem com extrema facilidade, mas, também, em razão de que tais pais, uma vez separados, trabalham contra a antiga família. São homens, pais, que se vão e não mais voltam... São mulheres, mães, que uma vez separadas trabalham contra o ex-marido em relação aos filhos... No fim o que fica são esses meninos zumbis. Sim! Zumbis sem vida e amor, apenas prontos para os espasmos da vontade suicida e descomprometida com o sentido da vida...
De fato a Terra está se tornando um lugar mal-assombrado...
É do Haiti que hoje me vem a maior inspiração para crer no poder do amor. É a terra do Vodu?...
É o que dizem...
Todavia, apesar de tudo, na atual catástrofe se viu a poder do amor de pais por seus filhos e de filhos pelos seus pais. Houve quem, debaixo da terra,cavasse 50 horas, sozinho, a fim de salvar um filho igualmente sob os escombros, tendo o mesmo acontecido também com filhos que viraram tatus em busca de suas mães.
Em New York tal catástrofe talvez não tivesse as histórias pessoais de amor e compromisso com pai, mãe e filhos que se viu e se vê no Haiti... Aqui, e dizem que o Haiti não é AQUI, o que se vê é um terremoto sem abalos sísmicos, mas que faz a alma tremer de desesperança e desamor...
No processo de glacialização do amor no mundo, a morte do sentido e significado de família é o agente mais devastador...
A Grande Bomba do mundo é a existência sem família e sem amor!... Quem acha isso “careta” haverá de ver a careta dos filhos contra os pais e dos pais contra os filhos. Coisa de "VELHO"?.... ah!!! deixo para reflexão, quiçá cada um de nós encontrará a verdade escondida por trás das letras.

Membro: Magna Coeli
Data: 05 Fevereiro 2010 às 17:00
Titulo:Viva por inteiro
Mensagem:

Ninguém vive pela metade. O espaço de vida de cada um é o que cada qual tem de inteiro.
Se dura vinte ou cinquenta anos, não faz diferença. O que conta é que uma vida é uma vida.
Não existe meio amor, meia felicidade, meia saudade. Todo sentimento por si só é inteiro.
Ou a gente é feliz ou não é; ou ama, ou não ama; ou quer, ou não quer.
Quando amamos, dúvida não existe; se queremos realmente, dúvida não existe; se somos felizes... cadê o espaço para infelicidade, se a felicidade toma conta de tudo?!
Então, se você se sente nesse meio caminho, talvez seja o momento de parar e refletir um pouco na sua existência.
A vida é inteira, mas não temos a vida inteira para decidirmos vivê-la intensamente. Temos o agora. Há quem diga que pelo fato de ser jovem ainda tem tempo.
Mas quem, além de Deus, sabe dizer a medida da vida de cada um? Perdemos preciosos minutos no nosso hoje com a ideia que amanhã as coisas acontecerão e que podemos esperar.
Quando começamos a medir e pesar nossos sentimentos, não vamos a lugar nenhum. Haverá sempre uma luta cerrada entre o coração que quer viver e a razão que mede consequências.
Medindo dificuldades, não fazemos nada. Se devemos medir alguma coisa, devem ser então as possibilidades.
Aí sim estamos no caminho certo. Para os pessimistas uma pedra é um estorvo, para os optimistas é um pedacinho do alicerce da própria vida.
O segredo está no olhar com que cada um vê as situações.
Só enfrentando os medos e o desconhecido é que conseguiremos viver de forma inteira essa vida que se oferece a nós em pedaços.
Ninguém disse que não há riscos. Mas não é melhor arriscar do que viver o restante dos nossos dias na infelicidade de se perguntar o que teria sido se tivéssemos tentado?
Quando fizer alguma coisa, faça com inteireza de coração.
Ame totalmente, ria totalmente, faça de tudo um todo. A vida é bela demais para ser deixada em suspenso.
O amor é bom demais para que possamos vivê-lo em pequenas partes, sem que o tornemos real e possível.

Membro: Magna Coeli
Data: 01 Março 2010 às 19:00
Titulo:Recomeçar sempre
Mensagem:

Sempre é tempo de recomeçar.
Em qualquer situação podemos abrir novas portas, conhecer novos lugares, novas pessoas, ter outros sonhos. 
Renovar o nosso compromisso com a vida e assim, renascer para a vida e alcançar a felicidade.
Não importa quem te feriu, o importante é que você ficou.
Não interessa o que te faltou, tudo pode ser conquistado.
Não se ligue em quem te traiu, você foi fiel.
Não se lamente por quem se foi, cada um tem seu tempo.
Não reclame da dor, ela é a conselheira que nos chama de volta ao caminho.
Não se espante com as pessoas, cada um carrega dentro de si, dores e marcas que alteram o seu comportamento, ora estamos felizes e transbordamos de alegria e paz, ora estamos melancólicos e só queremos ficar sozinhos...
O mundo está cheio de novas oportunidades, basta olhar para a terra depois da chuva. Veja quantas plantinhas estão surgindo, como o verde se espalha mais bonito e forte depois da tempestade.
As portas se abrem para os que não tem medo de enfrentar as adversidades da vida, para os que caíram, mas se levantam com o brilho de vitória nos olhos.
Todo o caminho tem duas mãos, uma que seguimos ainda com passos inseguros, com medo, porque não sabemos ainda o que vamos encontrar lá na frente, na volta, mesmo derrotados, já sabemos o que tem no caminho, e quando um dia, resolvemos enfrentar os nossos medos e fazer essa viagem novamente, somos mais fortes, nossos passos são mais firmes, já sabemos onde e como chegar ao destino, o destino é a vitória, o seu destino é ser feliz, eu creio nisso, e você?
Você está pronto para recomeçar?
O caminho está a tua espera, pé na estrada, coloque um sonho na alma, fé no coração e esperança na mochila, a vida se enche de novidades para os que se aventuram na viagem que conduz a verdadeira liberdade.

Membro: Magna Coeli
Data: 04 Maio 2010 às 11:00
Titulo:A rotina
Mensagem:

A rotina é essencial para a vida e optimiza muita coisa, mas a maioria das pessoas ama tanto a rotina que, ao longo da vida, seu diário acaba sendo um livro de um só capítulo, repetido todos os anos.
Felizmente há um antídoto para a aceleração do tempo: M & M (Mude e Marque). Mude, fazendo algo diferente e marque,fazendo um ritual,uma festa ou registos com fotos.
Mude de paisagem, tire férias com a família (sugiro que você tire férias sempre e, preferencialmente, para um lugar quente, um ano, e frio no seguinte) e marque com fotos, cartões postais e cartas. Tenha filhos (eles destroem a rotina) e sempre faça festas de aniversário para eles, e para você (marcando o evento e diferenciando o dia).
Use e abuse dos rituais para tornar momentos especiais diferentes de momentos usuais.
Faça festas de noivado, casamento, 15 anos, bodas disso ou daquilo, bota-foras, participe do aniversário de formatura de sua turma, visite parentes distantes, entre na universidade com 60 anos, troque a cor do cabelo, deixe a barba, tire a barba, compre enfeites diferentes no Natal, vá a shows, cozinhe uma receita nova.
Escolha roupas diferentes, não pinte a casa da mesma cor, faça diferente.
Beije diferente sua paixão e viva com ela momentos diferentes.
Vá a mercados diferentes, leia livros diferentes, busque experiências diferentes... Seja diferente.
Se você tiver dinheiro, especialmente se já estiver aposentado, vá com seu marido, esposa ou amigos para outras cidades ou países, veja outras culturas visite museus estranhos, deguste pratos esquisitos... em outras palavras... V-I-V-A. !!!
Porque se você viver intensamente as diferenças, o tempo vai parecer mais longo. E se tiver a sorte de estar casado(a) com alguém disposto(a) a viver e buscar coisas diferentes, seu livro será muito mais longo, muito mais interessante e muito mais v-i-v-o... do que a maioria dos livros da vida que existem por aí.
Cerque-se de amigos. Amigos com gostos diferentes, vindos de lugares diferentes e que gostam de comidas diferentes. Enfim, acho que você já entendeu o recado, não é?
Boa sorte em suas experiências para expandir seu tempo, com qualidade, emoção e vida.
E S C R E V A em tAmaNhos diFeRenTes e em CorES... di fE rEn tEs ! CRIE, RECORTE, PINTE, RASGUE, MOLHE, DOBRE, PICOTE, INVENTE, REINVENTE...
V I V A !!!

Membro: Fatima S. Silva
Data: 07 Maio 2010 às 12:00
Titulo: Princesa de areia
Mensagem:

Princesa de areia (09/10/91) Quantas vezes eu escutei dos teus lábios que eu era tua princesa, que tua vida não fazia sentido sem a minha presença;
Quantas coisas não, fiz para não contrariar você.
Contos amores verdadeiros, deixei para por você, para seguir teus passos sem te pedir nada e te dando tudo de mim, o meu amor minha liberdade juventude meus sonhos.
Tudo passou, um vento forte desmoronou a princesa foi reduzida a por; Me olho no espelho e vejo as rugas que o tempo me traz, vejo com tristeza que não posso mais amar tenho medo de novamente me machucar com mentiras.
Você agora é meu amigo e confidente me fala dos seus amores com naturalidade, de sua nova princesa que tem idade de ser sua filha a mesma idade que eu tenha quando você me amou.
Agora estou chorando não por você, por mim que perdei meu tempo enfeitando, sua vida com meu amor minha juventude meu carinho.

Membro: Angel de Cristal
Data: 09 Maio 2010 às 11:30
Titulo: Quero sempre ao meu lado
Mensagem:

"Quero sempre ao meu lado
manter os meus grandes amigos,
os mais amados e respeitados
e ajudar os que têm o rosto fatigado.

Quero a esses fastigados rostos
de meus grandes amigos,
um sorriso sempre colocar
e nunca tirar.

Poder dar sempre um pouco da minha alegria
e mostrar a minha simpatia.
Deles tirar toda a dor
fornecendo o meu amor.

Quando os meus amigos cairem
ou em algum obstáculo tropeçarem,
quero poder
de pé sempre os manter

E todos os meus grandes amigos
na minha companhia quero sempre ter,
nunca os vê sofrer
e sempre lhes dizer:
Eu amo você!"

RSS

Fale com os membros

Ola deixe apenas uma mensagem por dia pois por limitações só são guardadas as ultimas 100 mensagens.

Novidades

Nota importante: Para ver as mensagens, os amigos e aceder as configurações use o menu da barra de topo.
Pagina Principal Página Principal

 Abrir o perfil

 Ver os recados.

 Abrir caixa de mensagens

 Ver pedidos de amizade recebidos

Lista de Membros Ver lista de Membros

 Configurações

Use o Menu lateral para:
Escrever mensagens aos amigos, adicionar entrada de blog, usar o gerar cartões, enviar presentes e flores.

Adicionados novos car-tões para  Páscoa e Semana Santa nos cards Martinha.

Menu de Funcionalidades

Membros
Fotos/Videos/Blog
Entretenimento/Ajuda

Presença no Facebook

Grupo do Global no Facebook

Pagina Curtam, a Pagina no Facebook

© 2020   Criado por Adul Rodri (Adm)   Produzido Por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Registe-se Juntos fazemos a diferença!