Venha fazer parte desse momento de amor e solidariedade pela saúde do esposo de Francisca de Caldas Menduiña e outros membros da rede que passem por momentos menos bons. Reze uma oração na capela virtual do global social, pode também deixar sua mensagem nos comentários. Segue o link da Capela. Capela do Global Social



Quando eu era pequena, adorava circos, e o que mais gostava nos circos eram animais. Fiquei especialmente impressionado com o elefante que, como aprendi mais tarde, também era o animal preferido de outras crianças. Durante a função, o enorme animal ostentava um peso, um tamanho e uma enorme força… mas depois de sua performance até pouco antes de retornar para o estágio, o elefante sempre permaneceu amarrado no chão com uma corrente aprisionando suas pernas. No entanto, a estaca era apenas um pequeno pedaço de madeira mal enterrado alguns centímetros no chão. E, embora a corrente fosse grossa e poderosa, me pareceu óbvio que um animal capaz de arrancar uma árvore com a sua força poderia facilmente se libertar da estaca e fugir. O mistério ainda parece óbvio para mim. O que impede o elefante de fugir então? Quando eu tinha cinco ou seis anos, ainda confiava na sabedoria dos anciãos. Então perguntei a um professor, a um pai e a um tio sobre o mistério do elefante. Alguns deles me explicaram que o elefante não escapou porque foi treinado. Então fiz a pergunta óbvia: “Se ele é treinado, por que está acorrentado?“ Não me lembro de ter recebido uma resposta coerente! Com o tempo, esqueci o mistério do elefante e da estaca, e só me lembrei disso quando conheci outras pessoas que também se fizeram essa pergunta uma vez. Há alguns anos, descobri que, felizmente para mim, alguém foi sensato o suficiente para encontrar a resposta: O elefante de circo não escapa porque foi amarrado a uma estaca semelhante, desde que era muito pequeno. Fechei os olhos e imaginei o indefeso elefante recém-nascido preso à estaca. Tenho certeza de que, naquele momento, o pequeno elefante empurrou, puxou e suou tentando se soltar. E, apesar de seus esforços, ele não teve sucesso, porque era muito difícil para ele.

Imaginei que ele adormeceu exausto e no dia seguinte eu tentou novamente, e no dia seguinte, e no outro... Até que, um dia, um dia terrível para a sua história, o animal aceitou sua impotência e seu destino.

Aquele enorme e poderoso elefante que vemos no circo não escapa porque ele acha que não pode.

Tem a memória da impotência que ele sentiu logo após o nascimento. E o pior é que ele nunca questionou seriamente essa memória novamente. 

Nunca, ele nunca tentou colocar sua força para o teste novamente…


Somos todos um pouco como o elefante do circo: andamos pelo mundo atados a centenas de estacas que nos privam da liberdade. 

Vivemos pensando que “não podemos” fazer muitas coisas, simplesmente porque uma vez, algum tempo atrás, quando éramos pequenos, tentamos e não conseguimos. 

Nós então fizemos o mesmo que o elefante, e registramos em nossa memória esta mensagem: Eu não posso, eu não posso e eu nunca poderei.

Nós crescemos carregando essa mensagem que impusemos a nós mesmos e é por isso que nunca tentamos nos libertar da estaca novamente. 

Quando sentimos as algemas e sacudimos as correntes, olhamos com desconfiança para a estaca e pensamos: Eu não posso e eu nunca posso.

Autor: Jorge Bucay

Visualizações: 45

Enviar um recado

Você precisa ser um membro de Global Social para adicionar recados!

Entrar em Global Social

Comentário de Martinha (adm) em 30 maio 2019 às 0:40

É verdade Aninha, se não acreditarmos em nós mesmo, quem vai acreditar? Hoje em dia as pessoas estão muito negativas, e tentam passar para nós o negativismo delas. Mas o importante é saber"quem eu sou e o que posso fazer", o resto... é lixo rs

Comentário de Martinha (adm) em 30 maio 2019 às 0:36

Obrigada Vanessa... beijinhos

Comentário de Vanessa Elen de Paiva Magalhães em 29 maio 2019 às 4:03

Muito lindo seu blog, parabéns.

Comentário de Ana Cruz Nobre em 28 maio 2019 às 19:39

MUITO BOA A SUA POSTAGEM MARTINHA ! FAÇO MINHAS AS PALAVRAS DA CONCEIÇÃO! É BOM ACREDITARMOS SEMPRE NAS NOSSAS CAPACIDADES!
OBRIGADA AMIGA. BEIJINHOS

Comentário de Martinha (adm) em 27 maio 2019 às 20:15

Muito bem Conceição. Você demostra uma força interior que muitas pessoas não tem e terminam sendo bitolados e acorrentados pela opinião dos outros. Parabéns amiga, continue sempre assim. O seu valor e a sua capacidade só vc sabe que o tem... beijinhos

Comentário de Conceição Valadares em 27 maio 2019 às 15:59

Martinha eu quando era criança nunca fui a nenhum circo pois meus pais não tinham dinheiro para isso, e hoje que posso ir não vou. Com respeito ás correntes Amiga tudo depende de pessoa para pessoa, eu também tive na minha vida e ainda hoje tenho a me diserem tu não consegues, tu não sabes, tu és burra, e se tive muita gente a dizer isso e continuam, e eu nunca mas mesmo nunca liguei a isso, pois eu posso fazer tudo e sei fazer quando quero, é tudo uma questão de acreditar em mim, de me valorizar e principalmente gostar de mim.
Amei o seu lindo blog. Beijinhos

Fale com os membros

Ola deixe apenas uma mensagem por dia pois por limitações só são guardadas as ultimas 100 mensagens.

Novidades

Nota importante: Para ver as mensagens, os amigos e aceder as configurações use o menu da barra de topo.
Pagina Principal Página Principal

 Abrir o perfil

 Ver os recados.

 Abrir caixa de mensagens

 Ver pedidos de amizade recebidos

Lista de Membros Ver lista de Membros

 Configurações

Use o Menu lateral para:
Escrever mensagens aos amigos, adicionar entrada de blog, usar o gerar cartões, enviar presentes e flores.

Menu de Funcionalidades

Membros
Fotos/Videos/Blog
Entretenimento/Ajuda

Presença no Facebook

Grupo do Global no Facebook

Pagina Curtam, a Pagina no Facebook

© 2019   Criado por Adul Rodri (Adm)   Produzido Por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço