Global Social



button1abutton2a

Visualizações: 6490

Respostas a este tópico

Os anjos
criaturas de encantamento
habitam meus pensamentos.
O que podem os anjos,
de mãos azuis,
fazer por nós,
simples humanos?
O que podem,
com seu hálito de estrelas,
o céu nos olhos
e uma enorme compreensão
para com nossos corações fatigados?
Que um anjo durma
sempre ao meu lado
e faça com seu silêncio
o tecido dos meus sonhos.

OS ANJOS

Roseana Murray

Pode ser que um dia deixemos de nos falar...
Mas, enquanto houver amizade,
Faremos as pazes de novo.

Pode ser que um dia o tempo passe...
Mas, se a amizade permanecer,
Um de outro se há-de lembrar.

Pode ser que um dia nos afastemos...
Mas, se formos amigos de verdade,
A amizade nos reaproximará.

Pode ser que um dia não mais existamos...
Mas, se ainda sobrar amizade,
Nasceremos de novo, um para o outro.

Pode ser que um dia tudo acabe...
Mas, com a amizade construiremos tudo novamente,
Cada vez de forma diferente.
Sendo único e inesquecível cada momento
Que juntos viveremos e nos lembraremos para sempre.

Há duas formas para viver a sua vida:
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre.

Albert Einstein

Traga o sol da Páscoa, bênção, calor, alegria aos corações e muita e muita alegria, crie paz em um mundo conturbado, esteja na pátria feliz de todos, ensine a amar o odiado, dê pão ao mendigo, ao faminto, dê saúde ao doentes, os idosos, trazem e dão esperança ao fim do mundo, há uma saída das trevas para a luz.

Eva Sim

Que o mar esteja sempre azul, que o céu seja farto de estrelas, que o vinho nunca seja proibido, que o amor seja respeitado em todas as suas formas, que nossos sentimentos não sejam em vão, que saibamos apreciar o belo, que percebamos o ridículo das ideias estanques e inflexíveis, que leiamos muitos livros, que escutemos muita música, que amemos de corpo e alma, que sejamos mais práticos do que teóricos, mais fáceis do que difíceis, mais saudáveis do que neurastênicos, e que não tenhamos tanto medo da palavra felicidade, que designa apenas o conforto de estar onde se está, de ser o que se é e de não ter medo, já que o medo infeciona a mente.

Que nosso Deus, seja qual for, não nos condene, não nos exija penitências, seja um amigo para todas as horas

Martha Medeiros

dizer adeus à pessoas, hábitos, objetos, lugares não é fácil. É a pior sensação do mundo perceber que não vamos mais viver aquilo novamente ou que nunca mais Ele está em cada etapa encerrada da nossa vida. Está nos sonhos que desistimos ou naqueles que concluímos. Ele está estampado no rosto, no corpo e em cada fio de cabelo que cai. Está emoldurado naqueles porta-retratos e naqueles álbuns de família que, volta e meia, paramos para olhar. O adeus está no fim de cada dia e de cada ano. É inegável que isso não vá acontecer com tudo e todos em nossa vida porque sempre haverá aquilo e aqueles que são permanentes. Entretanto, esses adeuses são uma realidade em nossa porta. E sabe de uma coisa? Deixe que eles entrem e se acomodem. Permita-se dizer adeus, ame dizer adeus (seja ele de qual tipo for) e não encare sempre como algo negativo, como perda, como dano... É como um decompositor que desconstrói e rompe um pouquinho diariamente, mas que no final também está nos transformando e nutrindo. Sobretudo, perceba que há por detrás de cada um deles uma porta que se fecha, mas também uma que se abre revelando grandes horizontes e jornadas.

ANNE BRITO

O VENTO

Não, eu não sou pretensioso
Eu sou uma pessoa feliz
Às vezes eu sou como o vento
Eu respiro palavras bonitas
eu respiro bons sonhos
eu sopro como o vento
Cada um me ama do seu jeito
eu respiro amor
E isso para sempre
eu sou como o vento
ainda estou procurando
liberdade, prosperidade
Eu fujo de tudo que é negativo
Eu só aceito o positivo
Você pode dizer caprichoso para mim
Mas eu sou como o vento norte
eu não tenho um temperamento raivoso
Eu amo doçura e ternura
Eu gosto do vento quando me acaricia
Eu me imagino um belo pássaro
E de passagem golpe a felicidade
eu sou como o vento e feliz

Tema @copyright

PRECISA DE AMOR
Na vida todos nós precisamos de amor
Quando tudo está cinza
Devemos buscar ternura
Com nossos entes queridos
Para aqueles que nos amam
A vida é feita de mil cores
Devemos escolher o que nos convém
Para acabar com todas as suas preocupações
Todos nós precisamos de amor e doçura
Para que a paz reine em nossos corações
Para afastar toda tristeza
Para preencher esta vida com felicidade
Para ver na sua frente
O mais belo dos destinos
Para saborear ali, uma felicidade eterna
Para viver uma vida como nenhuma outra

Tema @copyright

"Perguntei ao tempo, que fazer com a dor? Ele me respondeu:
Deixe-me passar!"

A. D.

Não permita que o comportamento dos outros tire a sua paz.

Dalai Lama

Em meio da oração me perguntei por que não dói mais? E Deus sussurrou no meu ouvido: - Quando você orava por quem te feriu, eu te curava!

A. D.

"Antes de me falar sobre sua religião, primeiramente mostre-me como você trata seus semelhantes. Antes de dizer o quanto você ama seu Deus, demonstre o quanto você ama as pessoas."

Cory Booker

Senhor se eu me esquecer de TI, nunca te esqueças de mim.

Mahatma Ghandi

RSS

Fale com os membros

Ola deixe apenas uma mensagem por dia pois por limitações só são guardadas as ultimas 100 mensagens.

Membros da Rede

Menu de Funcionalidades

Membros
Fotos/Videos/Blog
Entretenimento/Ajuda

Novidades

Nota importante: Para ver as mensagens, os amigos e aceder as configurações use o menu da barra de topo.
Pagina Principal Página Principal

 Abrir o perfil

 Ver os recados.

 Abrir caixa de mensagens

 Ver pedidos de amizade recebidos

Lista de Membros Ver lista de Membros

 Configurações

Use o Menu lateral para:
Escrever mensagens aos amigos, adicionar entrada de blog, usar o gerar cartões, enviar presentes e flores.

Adicionados novos car-tões para  o Dia de finados, halloween, Boa noite e qualquer ocasião
nos cards Martinha.
Visitem e compartilhem

© 2023   Criado por Adul Rodri (Adm)   Produzido Por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

Registe-se Juntos fazemos a diferença!