Global Social

Para quem gosta realmente de amizade, de aprender e adquirir conhecimentos

Não é o sangue que nos irmana, mas o espírito. Os laços consanguíneos são ilusórios e efémeros. Kardec explica no item 8 do capítulo XIV de O Evangelho Segundo o Espiritismo: “O corpo procede do corpo, mas o espírito não procede do espírito, pois já existia antes da formação do corpo. O pai não gera o espírito do filho. Fornece-lhe apenas o envoltório corporal, mas deve ajudar o seu desenvolvimento intelectual e moral, para fazê-lo progredir”. Filhos de outros pais, procedentes de outro sangue, podem ser muito mais ligados aos pais adotivos que os filhos consanguíneos.

Essa é uma das razões por que os pais adotivos geralmente não querem revelar a verdade aos filhos que adotaram. O amor paterno e materno ressurge ante o filho que volta ao seu convívio. Mas Emmanuel revela um dos aspectos da lei da reencarnação que exige atenção e respeito. Os filhos que voltam ao lar por vias indiretas são espíritos em prova e, portanto, em fase de correção moral. Precisam conhecer a sua verdadeira situação para que a medida corretiva atinja a sua eficiência. E se quisermos burlar a lei só poderemos acarretar-lhes maiores sofrimentos.

São muitos os dramas e muitas as tragédias ocasionadas pela imprudência dos pais que mentiram piedosamente aos filhos adotivos. Quando a verdade os surpreende, o choque emocional pode transtorná-los, fazendo-os perder a oportunidade de aprendizado que muitas vezes solicitaram com ardor na vida espiritual. Esta é uma razão nova que o Espiritismo apresenta aos pais adotivos, quase sempre apegados apenas às razões mundanas.

Aprendendo desde cedo a se acomodar à situação de prova em que se encontra, o filho adotivo resigna-se a ela e aproveita a lição de reajustamento afetivo. Amanhã voltará de novo como filho legítimo, mas já em condições de compreender os deveres da filiação.

A vida aplica sempre com precisão os seus meios corretivos, mas nós nem sempre a ajudamos, esquecidos de que os desígnios de Deus têm razões profundas que nos escapam à compreensão. Se Deus nos envia um filho por via indireta, devemos recebê-lo como veio e não como desejaríamos que viesse.

Irmão Saulo - Do livro "Astronautas do Além", de Francisco Cândido Xavier e J. Herculano Pires / Espíritos diversos

Visualizações: 4

Os comentários estão fechados para esta mensagem de blog

Colabore com o Global Social

A Rede Global Social (AdulMigos) não visa fins lucrativos e tudo que oferecemos é gratuito.

Colabore com a rede Global Social fazendo um donativo no valor que lhe for possível.
(Não é obrigatório, mas a sua colaboração é de grande importância para que a rede continue a funcionar e a melhorar a oferta de funcionalidades)
Dados para quem quiser colaborar:

<-- Só para membros

Para poder ajudar a rede a se manter, entre em contacto para: Contacto ou email pedidosadul@gmail.com

Agradecimentos Anjo Amigo

Clique na imagem para ampliar

Funcionalidades que pode utilizar

Chat/Bate-Papo
Amigos
Recados e Mensagens
Fostos/Videos/Blog
Entretenimento/Ajuda

Membros da Rede

© 2018   Criado por Adul Rodri (Adm).   Produzido Por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço